Nós fomos feitos para dominar o mundo.

Sabes aquele casal apaixonado que dura desde os tempos de escola, aqueles dois que simplesmente foram feitos um para o outro por mais doida que seja a relação deles, aquele género de namorados que são amigos, amantes e inimigos, tudo ao mesmo tempo, e que ora rasgam fotografias e dizem “nunca mais te quero ver” ora partem camas e dizem “nunca mais te quero ver ir”? Éramos nós. 

Nós éramos disfuncionais, loucos e inconstantes, uma tempestade perfeita. Nunca sabia o que querias de mim ou se me querias de todo. Tanto me afastavas como me puxavas e sabias tão bem o que estavas a fazer. Jogavas comigo de uma maneira que só quem conhece as partes mais íntimas e escondidas de mim consegue fazer, de uma maneira até hoje só tua. Por mais vezes que me encostasses contra as paredes do teu quarto nunca chegava. Eu que sempre me fartei de tudo e de todos não me consegui fartar de ti. Por cada lágrima havia um sorriso e era sempre esse maldito sorriso que me prendia a nós.

Por mais incompreensível que isto seja para os outros, nós fomos feitos para dominar o mundo. Tu sabes e eu sei. Fazíamos estremecer qualquer chão que pisássemos. Podíamos ter sido tanto e acabámos por ficar reduzidos a desconhecidos que se conhecem tão bem. Se calhar também te custa ignorar-me na rua, não saber de mim nas noites de chuva e fingir que estamos bem longe um do outro. Tu tens a tua vida e eu tenho a minha, mas a verdade é que não consigo evitar perguntar-me se também pensas em mim de tempos a tempos. Suponho que nunca saberei.

– Raquel Simões

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s