Os homens difíceis.

O homem difícil é a espécie mais bonita de todas. Pena que seja uma espécie em extinção. Há cada vez menos homens destes, dos que sabem na perfeição o que querem e o que não querem, dos que não deixam que sejam as circunstâncias da noite a determinar com quem dormem ou deixam de dormir, dos que escolhem de forma consciente e selectiva quem lhes interessa. O que é que aconteceu aos homens misteriosos, sensualmente intocáveis e até arrogantes? Será que ficaram todos resumidos ao ridículo de se enrolar com quem calha, com tudo o que mexe e os quer entre uma bebida e um cigarro?

Quero acreditar que não. Quero acreditar que ainda há um ou outro restante no meio de mil homens fáceis que saltam à primeira oportunidade que surja de dormir com uma mulher qualquer. Parece que já nem há critério a não ser o que se tem no meio das pernas. As mulheres podem ser feias, burras, antipáticas, tudo e mais alguma coisa, e mesmo assim eles vão dormir com elas e contar aos amigos todos no dia seguinte com imenso orgulho. Sempre ouvi dizer que homem que é homem não fala sobre as mulheres com quem se envolve, sejam elas duzentas ou só uma, dure uma noite ou uma vida. Mas que desespero é este?! Será que pensam que têm de saltar para cima da primeira que apareça ou serão menos homens?

Os homens fáceis despertam em mim pena, uma gargalhada e um instinto de fuga. Despertam tudo menos vontade de dormir com eles. Até podem ser os melhores homens do mundo… Eu vou mudar de direcção assim que os vir. Não há nada de atraente na facilidade. Isso é bom é para as preguiçosas e para as que não têm interesse nenhum a não ser coleccionar desesperadamente casos de uma noite. Qualquer mulher que se preze gosta de lutar um bocadinho antes de conseguir ter o que quer. Afinal, onde é que está a piada em conquistar alguém que já está conquistado à partida em todos os cenários possíveis e imaginários?

– Raquel Simões

Anúncios

4 comments

  1. Hugo Miguel Pereira · Agosto 28, 2015

    Olá Raquel, como já tinha tido oportunidade de te referir quero fazer te uma pergunta relativamente a este texto: aqui que qualquer mulher gosta de lutar um pouco para conseguir aquilo que quer e não tem piada conquistar aquilo que à partida já está conquistado…

    No entanto, dizes também que interessantes são os homens que sabem o que querem, o que não querem e que têm os seus critérios de selecção…

    Sendo assim (e esta é a minha pergunta) um homem que sabe muito bem o que quer pode chegar ao ti e dizer:
    “Tu es o que eu quero, estou aqui para ti!”

    Ai aquilo que há para conquistar já está conquistado à partida, não te dará “luta” porque à partida já está conquistado porque tu és o que ele quer.

    Esquecendo a perspectiva de que as mulheres também têm prazer em ser conquistada, nessa situação o que achas que prevalece (em ti e/ou na mulher)? A vontade de lutar por algo ou ter um homem que sabe o que quer?

    Fica a pergunta 😉

    Gostar

    • mrsminnieblog · Agosto 30, 2015

      Hugo, neste texto o homem difícil a que me refiro não tem necessariamente de ser distante, impossível de ler e determinado a encontrar a perfeição em pessoa ou nunca se envolverá com ninguém. Para mim é mais do que possível que um homem não seja fácil e simultaneamente aborde uma mulher (ou várias) com a certeza de que a quer. É aí que eu quero chegar: não é pelos números que se vê, é pela atitude. Há aqueles que vão sair só para conhecer mulheres e estão dispostos a dormir com qualquer uma do grupo de amigas que conhecem naquela noite sem qualquer critério. E depois há aqueles que vão sair para conviver com os amigos e se conhecerem alguém interessante não têm problema algum em envolver-se com a mulher em questão, mas não salivam por qualquer uma como os homens fáceis. Assim sendo, e para responder à tua questão, não penso que a minha vontade de lutar por um homem e a certeza de que ele me quer colidam obrigatoriamente. Até se complementam no sentido em que eu sei que ele me quer porque sou inteligente, por exemplo, e não só porque sou mulher. Aí já houve desafio para mim e selecção para ele ao mesmo tempo. Não é preciso haver joguinhos mentais para haver desafio, é preciso atitude. Mas esta é, claro, apenas a minha visão, pode não ser a tua 😉 Espero ter consigo esclarecer-te! Beijinhos.

      Gostar

  2. Jo Passos · Agosto 30, 2015

    Não estará a generalizar um pouco com essa coisa de homens difíceis e homens fáceis? Há aqueles que se comprometem e aqueles que fogem do compromisso. E na maioria do casos, são as próprias mulheres que agem como verdadeiras cumplices.

    Gostar

    • mrsminnieblog · Setembro 1, 2015

      Bom dia 🙂 O texto não pretende julgar homens que não querem um compromisso nem tão pouco elevar aqueles que querem, mas sim distinguir os homens que escolhem o que querem (independentemente de estarem com 1 mulher por semana ou de terem um relação estável de anos) e os homens que não escolhem coisa nenhuma, simplesmente dormem com tudo o que mexe sem critério algum. Quantos à atitude das mulheres, concordo plenamente com o que disse. Há muitas mulheres que se envolvem com os ditos “homens fáceis” e também elas são “mulheres fáceis”.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s